Clientes que já escolheram o FTCCLOUD Faitec como sua nuvem, e fizeram a escolha certa:

RANSOMWARE

Leia com atenção um breve relato sobre esta mais nova epidemia do mercado mundial.

O Ransomware foi uma das grandes ameaças virtuais mais alarmantes do ano de 2016, e em 2017 promete não ser diferente. O Ransomware é potencialmente perigoso para qualquer usuário, principalmente para quem usa serviços de pagamento e transferência de dinheiro online, além de gamers, devem redobrar a atenção, pois os criminosos estão de olho nesse público e devem começar a direcionar mais os ataques. Já no âmbito corporativo, o principal alvo (mas não único) como normalmente acontece, é o setor de instituições financeiras, que são atrativas por lidarem com altas cifras diariamente.

Afinal, por que minha empresa não deve esquecer deste termo?
Imagine um dia ligar o computador da sua empresa e perceber que todos os arquivos e dados não podem ser acessados corretamente. Parece um pesadelo, não é?

Mas como ataques de ransomware podem afetar o MEU negócio?
Só no primeiro semestre de 2016 a ameaça atingiu um crescimento de 16% segundo pesquisa realizada pela Verizon. Já a empresa especialista em segurança Kaspersky divulgou que o Brasil detém 92% dos ataques de toda a América Latina. Mas vamos ao que interessa:

Como os criminosos instalam o ransomware?
A difícil detecção de um ransomware e seus disfarces são os fatores que o tornam tão perigoso. A praga pode infectar o seu PC de diversas maneiras, através de sites maliciosos, links suspeitos por e-mail, ou instalação de apps vulneráveis. O ransomware também pode aparecer também em links enviados por redes sociais, meio muito utilizado para espalhar vírus atualmente.

O ransomware é um tipo de malware que sequestra o computador da vítima e cobra um valor em dinheiro pelo resgate, geralmente usando a moeda virtual bitcoin, que torna quase impossível rastrear o criminoso que pode vir a receber o valor. Este tipo de "vírus sequestrador" age codificando os dados do sistema operacional de forma com que o usuário não tenha mais acesso.

De acordo com a Cisco, o autor do malware inicialmente estaria pedindo 1 bitcoin para liberar cada máquina infectada da rede, mas que esse valor subiu algumas vezes para testar o quanto as vítimas estariam dispostas a pagar pelo resgate. Pela cotação atual, 1 bitcoin equivale a R$ 1.915,00.

Qualquer dúvida ou maiores informações pedimos que entre em contato conosco;

(11) 2533-6441 ou mande e-mail comercial@faitec-cons.com.br

Monitoramento em Servidores

Monitoramento
em Servidores

Oferecemos o serviço gerenciado para monitorar aplicações, servidores e sistemas operacionais da sua rede corporativa.

DETALHES
Suporte a Banco de Dados

Suporte a
Banco de Dados

A Faitec possui uma vasta experiência em administração de bancos Oracle e SQL garantindo a melhor performance de seu ambiente.

DETALHES
Data Center Solutions

Data Center
Solutions

Definir a melhor a arquitetura (AWS, AZURE, DATA CENTER INTERNO/EXTERNO) e as vantagens da TI HÍBRIDA, é um grande desafio dos Gestores de TI.

DETALHES
Monitoramento Firewall & Link

Monitoramento
Firewall & Link

O Firewall ou UTM (Unified Threat Management) é um recurso muito importante para a segurança de rede/web das empresas.

DETALHES
INFORMAÇÕES
  • Alameda Grajau, Nº60
    Sala 1908 - Alphaville Industrial
    Barueri/SP - CEP 06.454-050
  • (11) 2533-6441
  • comercial@faitec-cons.com.br
  • Linkedin
NEWSLETTER
  • Cadastre seu e-mail e receba informações e novidades da Faitec.
© Faitec Consultoria - Todos os direitos reservados -Pentaxial